Goinfra participa da Tecnoshow Comigo

Goinfra participa da Tecnoshow Comigo

O presidente da Goinfra, Enio Caiado, esteve na abertura da 18ª Tecnoshow Comigo, onde o governador Ronaldo Caiado formalizou o ato solene de transferência simbólica do governo estadual para Rio Verde (GO), de 8 a 12 de abril, paralela aos cinco dias da Feira de Tecnologia em Agronegócio - Tecnoshow Comigo. A transferência atende à Lei nº 20.425, de 18 de março deste ano. Até o dia 12 de abril, o governador, os chefes de poderes e secretários vão despachar diretamente do município, localizado no Sudoeste goiano.

“Hoje o Estado de Goiás se curva para cumprimentar não só Rio Verde, mas todos os produtores da região e do Estado de Goiás. O gesto votado lá na Assembleia Legislativa, proposta do presidente da Casa, Lissauer Vieira, e sancionado por mim é uma homenagem ao produtor rural que mostrou que fez a diferença em todos esses anos,” disse Ronaldo Caiado. 

O vice-governador, Lincoln Tejota, destacou que a mudança da sede do Governo de Goiás engrandece a região Sudoeste do Estado e reconhece a importância do agronegócio goiano e do evento para o desenvolvimento do País. “A Tecnoshow é uma oportunidade que nós temos de mostrar que o nosso Estado e nossa economia têm jeito, e tem condições de avançar”, argumentou. 

Já o prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale, agradeceu Caiado pela transferência da sede do governo. “Rio Verde hoje é a casa de apresentação para o Brasil. Uma casa de apresentação para o produtor rural brasileiro”, comemorou. O presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, deputado Lissauer Vieira, classificou o dia como histórico para o município. “É uma homenagem a uma das cidades mais pujantes do Brasil, por conta do trabalho do suor da obstinação de cada homem trabalhador do campo”, observou Lissauer.

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, fez questão de participar do evento, que considera um dos mais importantes do País. Em seu discurso, ela disse que veio a Goiás para ouvir os produtores e ver, de perto, as necessidades do setor, e aproveitou ainda para ressaltar a importância do agronegócio e do cooperativismo no Brasil. “Aqui está o exemplo. Queria deixar o exemplo do que pode dar certo, é o cooperativismo, onde a cooperativa recebe o produto, ela transforma, agrega valor e depois sai com valor agregado. O Brasil hoje tem uma janela de oportunidades”, disse.